Amigos de ~~Anna Paes~~

 


 

 

 

Noites de Saudades....
(Delasnieve Daspet)

Esta amanhecendo.
Os primeiros e tímidos brilhos da
aurora matutina se anunciam.
Já ouço na minha roseira o sabiá.
Um ultimo pio da coruja que se recolhe.

E a noite passou lentamente.
Minuto a minuto contei o tempo.
Uma brisa suave faz farfalhar as folhas
das primaveras.
Longe ouço cantar um galo-campina!

Como é longa a noite da saudade!

E aqui estou.
Perdida. Sozinha.
Virando na cama.
Apagada e triste
voltei a escrever.

Que faço aqui tão só?
Não deveria estar em teus braços?
Guardada em teus carinhos?

A ternura não é finda.
Precisamos de nós.
Não podemos ficar sozinhos,
com esta dor que não pára!

Para um amor como o nosso
não existe a morte do esquecimento!
Voltemos, sim!
Uma flor não fica sem abelha!

Insônia.
(Delasnieve Daspet)


Alta madrugada.
Minh'alma navega.
Encontro-me em alto mar.
Cantando e contando
em verso e prosa
os nossos dramas.

Dramas.
A maneira de ver a vida
nas coisas que criamos.

Sono.
O sono perdido na noite.
Noite calma,
Vento frio,
alma passarinha,
eu, viajando pelo éter!

A cama.
Na cama.
Um corpo inerte.
Sem vida.
A ausência.
Sem sorriso.
Sem carícias.
O corpo que já não é vinho,
e sim vinagre,
não se bebe,
não se come.

E entre mentiras
e sonhos,
lá se vai mais
uma noite insone!

Conto às estrelas,
às penumbras e às sombras
da noite negra,
da manhã que chega
a realidade da vida!

E ao tentar te apagar
da memória,
apaguei o sono,
pois se fecho os olhos
ressurges num relance
meu amado amante!

Vivo pois,
num trampolim...
Se deito sonho,
se sonho te vejo,
se acordo,
não estás...
Ah! Insônia!
Só tu a me acompanhar!


Noir et Rouge
(Delasnieve Daspet)

É chegada a hora.
Vou em busca da estrela.
Da luz na escuridão.
Vigiarei a noite,
- a minha noite.
Quero enche-la de luz.
Não descansarei até te achar - ó luz!

O mundo explode em cores...
As cores em constante mudança.
Em mim duas permanecem:
Vermelho - do sangue em chamas
que ferve nas veias.
Negro - da noite eterna,
da solidão!

Estas são as explosões que me cegam...
Vermelho e Preto...
Vachement noir et rouge

http://www.delasnievedaspet.com.br

 

 

 

 

 

 

® Anna Paes - Direitos Reservados © - 2004


Webmaster
®Anna Paes


Todo o conteúdo deste site está protegido pela Lei dos Direitos Autorais de
19 de Fevereiro de 1998