A Uma Rosa!
(Para Anna Paes!)
J.J. Oliveira Gonçalves

Essa rosa perfumada
de textura aveludada
onde brinca o beija-flor
já foi nada e foi semente
e foi botão
de repente
para alegria da gente
filha do Onipotente
desabrochou nessa flor...
E porque Inocente e Pura
o Poder contém da Cura
na esfuziante Beleza...
Remédio da Natureza
no combate à Tristeza
Mágoas, Dores,
Amarguras!
Da rosa faço meu verso
rimando Flor e Poesia
fazendo-me trovador...
E deixo aqui registrado
de Deus o Rubro Legado
de Maria o Coração
generoso
perfumado!
Um brinde à rosa e à Anna
por essa rosa Encantada
que a todos nós enviou
e nossa telinha enfeitou!

Canto-te, ó, flor co'a Emoção
de quem Ama a Criação:
teu poeta e teu irmão!
Mãe-Natureza: agradeço
esse Bem que não tem preço!

Porto Alegre, 19 de fevereiro/2008. 12h19min  

 
Imagem fotográfica AnnaPaes
http://www.anna.paes.nom.br
http://poesiaeart.sites.uol.com.br
http://diariogeral.zip.net
Art APaes
Mid : roma downey
Não usar o link sonoro - By www.anna.paes.nom.br

©AnnaPaes®
 
 

|Livro de Visitas|

Home|Indice|E-books|Convidados|Livro de Visitas|

Recomende esta página!!

Blog Diário Geral Anna Paes

 

® Anna Paes

Direitos Reservados

© - 2000/2005

Webmaster & Designer:
®
Anna Paes

Todo o conteúdo deste site está protegido pela Lei dos Direitos Autorais de
19 de Fevereiro de 1998

 


 

 

 


 

    

...............................................