TEUS PÉS
Por onde andaram seus pés?
Quantos passos você deu ao revés?
Viajando no diáfano mundo da poesia
Passando pelo agreste;
Caminhando entre abrolhos
Com seus olhos semi fechados;
Não viste uma alma errante, vagando;
No seu insólito Cerrado?
 
Nem se dignou olhar-me
Não ansiou?
Não olhou?
Ah! Esqueci...
Poetisas são deusas perdidas
Nos seus mundos astrais
Viajando, viajando, se inspirando.
E nada mais...
 
Audha Abuthay
 
Abjurado para a ANNA - A Deusa do Cerrado

SAUDADE!
Viajei por estradas sem fim
Busquei encontrar meu senhor
E em vão meus pés caminharam
E, eis que de repente
Assola meus pés  o mais encantador dos poemas
dizendo ser eu uma Deusa
Que posso
Na minha insignificância dizer?
Saudade, mil vezes saudade dói!
Dói, machuca maltrata e vem
traz o meu senhor de volta
Mesmo que  por uma noite.
Anna Paes

SAUDADE?/É POUCO!



SAUDADE...
SAUDADE É POUCO.
ELA VIAJA NO PENSAMENTO
DO LOUCO.
 
VAIDADE?
VIAJA NOS ANÉIS DOS SEUS DEDOS
QUE SE VÃO E VÊM AO REVÉS,
A SOLIDÃO É ADJUDICADA AO SEU RECEIO,
 
A PRESENÇA É
MERAMENTE SACIADA
NA POEIRA DOURADA
ENGALANADA, ENGANADA E
QUER FICAR ESMAGADA
EM TEU SEIO.
EM TEU MEIO...
Audha

Abjuradamente abjurada
para a poetisa do Cerrado,
que move-se no sidéreo manto
buscando para meu espanto,
Luz para meus pés,
bálsamo para meu coração,
aloés para meus cabelos,
manto para aquecer o pobre coração
do poeta da ilusão...
Audha Abuthay 


Desejo mórbido
Tenaz e um tanto fugaz
De mover-me entre as estrelas,sob teu manto!
Ah!Se de meus pés, asas nascessem
Voaria ao teu coração
E em devoção, te cobriria os cabelos de afagos e beijos
Mas resta-me um manto de estrelas
Irreais, ilusórias!
Poeta, Poeta das Ilusões!
Poeta do Deserto que na areia escreve teus versos
Galopa na cauda do cometa
E faz-me teu Oásis!
Anna Paes


http://diariogeral.zip.net

 ANNA PAES

 Boa noite, Amor!

E-books

 
® Anna Paes
Direitos Reservados
© - 2000/2007
Todo o conteúdo deste site está protegido pela Lei dos Direitos Autorais de
19 de Fevereiro de 1998
 
 
 Graphics Anna Paes

copyright 2000/2007

Please do not tear or rip apart my works.
Não use o meu trabalho sem  consentimento

 

 

 

 
 
...............................................
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
.